fundo_04.png

Vivências

A partir da experiência acumulada por Andrea Soares e Leandro Medina há mais de 20 anos como educadores, o Núcleo Pé de Zamba disponibiliza uma série de vivências que podem ou não trazer caráter de formação mais específico, seja no âmbito da educação, formal ou informal, no corporativo ou nas Artes. As vivências descritas abaixo podem ser adaptadas às necessidades dos interessados, seja em seus objetivos ou cronograma.

saiar para site.jpg

Saiar

Saiar é uma oficina de dança “contemporâneo-brasileira”, centrada na exploração da saia como ferramenta expressiva e ministrada por Andrea Soares.

 

 Partindo da Educação Somática, e ancorada na Eutonia, a oficina traça um percurso de (re)descobertas sobre o corpo em movimento, sobre as múltiplas possibilidades simbólicas para a saia e sobre as heranças culturais presentes nas danças tradicionais brasileiras e especialmente sobre a saia como representatividade do feminino, dentro da perspectiva destas danças tradicionais.

Durante a pandemia, pode ser ministrada online.

foto: Guga Ferri

Andrea Soares Glocalidades (44).jpg

Corpo-presente

Corpo-Presente é uma oficina voltada para quaisquer pessoas interessadas em melhor qualidade de vida e de movimento na expressividade, podendo ser ministrada especificamente para educadores em geral.

 

Ao mesmo tempo, possibilita experimentações que inspiram a inserção de um corpo mais "presente" na prática da movimento expressivo nas artes da cena, estimulando nos integrantes este novo estado de atenção e de prazer com seu corpo na expressividade.

 

A oficina é ministrada por Andrea Soares

Durante a pandemia, pode ser ministrada online.

foto: Charles Trigueiro

longevidança-22.png

Longevidança

Longevidança® é uma proposição criada por Andrea Soares para atender o público específico da terceira idade. Podendo ser realizado enquanto oficina ou curso regular, parte das premissas da dança "contemporâneo-brasileira", colocando foco na consciência corporal através da Eutonia, na percepção e relação com o ritmo, e na expressão a partir da Dança.

A vivência abre espaço para diferentes abordagens a partir de sua proposição principal, criando uma gama de subtemas que podem ser os provocadores criativos e/ou de pesquisa corporal durante o trabalho, permitindo que os participantes tragam à Luz suas lembranças e questões pessoais através da Dança.

Durante a pandemia, pode ser ministrada online.

ludidança (3).jpg

Ludidança

Ludidança® – dança para crianças” é uma vivência criada por Andrea Soares a partir de sua experiência enquanto educadora em diversos projetos ligados a dança para crianças, e nas funções do espetáculo “Glocalidades”, de improvisação com música ao vivo e dança.

Ludidança traz como principal enfoque a proposição da descoberta, pelos pequenos, da expressão artística através do movimento. Para tal, parte de exercícios pensados para cativar o interesse das crianças pelo corpo humano, a partir da referência de seu próprio corpo. Guiada pela Educação Somática, através dos princípios da Eutonia, as aulas ajudarão os pequenos a despertarem para as possibilidades de movimento através da improvisação e de jogos que envolvem brincadeiras e danças da cultura popular, seus ritmos e seus elementos plásticos.

foto: Andrea Scagliusi

outros carnavais (1).jpg

Outros Carnavais

Vivência pensada por Andrea Soares e Leandro Medina, com a participação de outros artistas do Núcleo Pé de Zamba, “Outros Carnavais” cria uma espécie de circuito experimental onde os participantes se alternarão entre a oficina de percussão, de adereços e fantasias de carnaval e de dança, para, no final, se juntarem na criação e um cortejo carnavalesco.

 

A partilha das várias experiências possibilitam os participantes compreender a multiplicidade artística presente nas manifestações espetaculares das culturas tradicionais brasileiras, aproximando-os desse universo através do recorte temático do carnaval.

corpopular_pedro_napolitano.JPG

Corpopular

É uma formação especialmente destinada a educadores e interessados afins, que desejam conhecer um pouco do universo da cultura popular tradicional brasileira, através do convite à prática da brincadeira, da permissão para seu corpo compreender a potencialidade do brincar brasileiro e as infinitas possibilidades de aplicá-lo na Ação Educativa.

Através da extensa pesquisa e experiência de Leandro Medina com a ludicidade e o movimento dessas culturas, e também como educador em artes para crianças a vivência teórico-prática pode assumir diferentes formatos de acordo com o público-alvo, local de realização e objetivos do realizador.

foto: Pedro Napolitano

contando ninguem acredita.jpg

Contando ninguém acredita

Vivência que une narrativa de histórias, música e brincadeiras, “Contando Ninguém Acredita”, tem como carro chefe a interatividade com o público, propondo uma relação co-geracional entre as crianças e os adultos, sejam familiares ou professores, e aproximando-os das raízes e costumes do povo brasileiro. 

O roteiro traz a história de um menino chamado Zé Pitoco, que superou inúmeros desafios para realizar o seu grande sonho. “Contando Ninguém Acredita” traz também brincadeiras tradicionais de várias regiões do país, num passeio muito divertido, conduzido por Leandro Medina e Raphael Gomes.

contadanca.jpg

Conta-Dança

Conta-Dança é uma vivência voltada para o encontro entre a narrativa de histórias e o corpo em movimento, através das artes, voltada crianças com idades entre 4 e 8 anos. Assim, Dança, Música e Artes Visuais se encontram para propor às crianças a oportunidade de abrir a janela da imaginação e vivenciar trechos das narrativas escutadas, através do seu próprio corpo em ação.

A ideia é que a experiência do brincar seja ampliada através de novas trocas e descobertas,  construindo conexões com ritmos, imagens e gestual das culturas tradicionais brasileiras. “Conta Corpo” foi criada por Leandro Medina e Andrea Soares, e pode ser ministrada por eles ou por um elenco maior do Núcleo Pé de Zamba.

foto: guilherme Castoldi

descarrego 3 by Thays Peric (1).jpg

Danças Plurais

Encontros teóricos voltados para reflexão sobre a Dança Cênica a partir de olhares não etnocêntricos sobre sua pesquisa e criação.

 

A ideia é convidar mestres ou artistas das culturas tradicionais brasileiras e criadores em Dança Cênica, que se inspiram nessas culturas, para gerar um contraponto sobre os diferentes fazeres e ampliar os horizontes estéticos pra o criar em Dança.

foto: Thays Peric

música e memória_edited.jpg

Música e Memória, Cante a sua história

Música e Memória - Cante a sua História é uma proposta de trabalho social com idoso, onde a música será o fio condutor que levarão as pessoas participantes a revisitarem suas histórias, através das canções que marcaram suas vidas.  Vindo à tona composições, acompanhadas de seus significados,

suas danças e registro de memórias.