foto capa parceria sesc_edited.jpg

Glocalidades – Antropofagia Nossa de Cada Dia

Circuito Sesc de Artes. Foto: Acervo do Núcleo.

SESC SP

Fundamental na trajetória de consolidação do Núcleo Pé de Zamba no cenário cultural paulista, o SESCSP atuou como parceiro ao receber estreias, e contratar espetáculos, vivências e oficinas e, especialmente, ao propiciar a oportunidade de levar o nosso trabalho à diferentes regiões da cidade e do Estado de São Paulo.

fundo_04.png

Parcerias

Ao longo de sua trajetória o Núcleo Pé de Zamba tem realizado e vivenciado muitas atividades – de editais às circulações - em parceria com instituições públicas e privadas, que contribuíram direta e indiretamente para a manutenção da sua pesquisa e criação de espetáculos. Seguem abaixo algumas dessas parcerias.

silibrina diana 4.jpg

Silibrina? É a Diana, menina!!!

Virada Cultural 2010. Foto Charles Trigueiro

Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo –SMC

A parceria com a SMC de São Paulo tem se dado em múltiplos âmbitos: desde a cessão de espaços para estreias e temporadas de nossos espetáculos até a circulação de alguns deles em parques, praças, e outros espaços culturais da cidade, como foi o caso do espetáculo “A cruz que me carrega”, em 2016 e “Para lá das Palavras”, nos Ônibus Biblioteca em 2011 e “Glocalidades – antropofagia nossa de cada dia” e “Silibrina? É a Diana, Menina”, em diferentes edições da Virada Cultural.

42.jpg

Bons de Jogo

Recreio nas Férias, 2016. Foto: Alan

Secretaria Municipal de Educação de São Paulo – SME

A SME tem sido uma grande parceira do Núcleo Pé de Zamba, em especial por conta do enfoque temático e direcionamento ético do coletivo, que traz poeticamente temas importantes a serem debatidos no âmbito escolar, como a diversidade cultural, o preconceito e o racismo. As parcerias se deram majoritariamente através do Recreio nas Férias, iniciativa que leva espetáculos e vivências para a s crianças da rede pública de ensino e também de apresentações abertas à todo público nos Centro Unificados de Educação de São Paulo.

IMG_4149 (2).JPG

Para Lá das Palavras

Circuito Cultural Paulista, 2014. Foto: acervo do Núcleo

Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo

A parceria tem se dado através da realização de vivências e apresentações nas Oficinas Culturais do Estado e da participação no Circuito Cultural Paulista, em 2014 com “Para Lá das Palavras” e em 2019 com o espetáculo “Cor-Ação”.

contando ninguém acredita.jpg

Contando ninguém acredita

Turnê por Aracaju, em 2019

Editora FTD

Ao longo de mais de dez anos o Núcleo Pé de Zamba tem participado com oficinas, vivências e apresentações de espetáculos em diferentes ações e eventos de incentivo à leitura da Editora FTD, na cidade de São Paulo e em diversas cidades do NE.

fotos cruz charles 5 baixa.jpg

Cruz que me carrega

Charles Trigueiro

A Cruz que me carrega - Prêmio Funarte Klauss Vianna

Projeto realizado a partir do Prêmio Funarte Klauss Vianna de Dança 2012, teve como objetivo principal a pesquisa, criação e temporada do espetáculo homônimo, englobando também diversas outras atividades, como a pesquisa de campo junto à Irmandade de N. Senhora do Rosário de Justinópolis/MG, seminário e oficina, realizados ao longo do ano de 2013, em São Paulo/SP

fundo_07.png

Projetos

 
Acruz_MilenaAbreu_26112015_85.jpg

Cruz que me carrega

Milena Abreu

A Cruz que me carrega - Itinerância Caixa Cultural Salvador

Contemplado pelo Edital Caixa Cultural 2014/2015, o projeto levou os espetáculos “A cruz que em carrega” e Glocalidades – antropofagia nossa de cada dia” para uma pequena temporada na caixa Cultural de Salvador, em novembro de 2015. Além da apresentação de ambos os espetáculos, realizou oficina e bate papo sobre o trabalho do Núcleo Pé de Zamba.

IMG-20160630-WA0037[1].jpg

Para lá das Palavras – Bibliotecando

Projeto contemplado pelo PROAC 36/15, de Estímulo à Leitura em Bibliotecas, de  2015, da Secretaria de Estado da Cultural de São Paulo, para a apresentação do espetáculo “Para Lá das Palavras”, em junho de 2016, nas bibliotecas das cidades de Águas de Lindoia, Anhumas, Batatais, Cananéia, Eldorado, Franca, Monteiro Lobato, Presidente Prudente e Ubatuba. A ideia era levar o público a refletir sobre os prazeres e aventuras possíveis de se viver através da imaginação ao praticar a leitura de livros.

sertãomar_charles Trigueiro.jpg

SerTÃOmar

Charles Trigueiro

SerTÃOmar

Projeto contemplado pelo 25º Edital do Fomento à Dança, para a pesquisa, criação e temporada do espetáculo “SerTÃOmar”, que abrigou atividades como a pesquisa de campo nas cidades de Milho Verde, Serro, Diamantina e Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, englobando diversas comunidades tradicionais das mesmas.

 

Além disso realizou um seminário, oficinas diversas e 15 apresentações do espetáculo em diferentes regiões da cidade.

IMG-20160630-WA0037[1].jpg

Lei Emergencial Aldir Blanc – Município de São Paulo

Através da Lei Emergencial Aldir Blanc, do Governo Federal do Brasil, gerida pelo Ministério do Turismo e distribuída através da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, o núcleo Pé de Zamba realizou diversas atividades, buscando visibilidade virtual para o Núcleo Pe de Zamba, além colaborar com a sobrevivência de 12 pessoas envolvidas com seus trabalhos. Entre as ações estão: podcast “Cor-Ação”; filmagem do espetáculo “SerTÃOmar”; filmagem do espetáculo “Para lá das palavras”; e criação deste site para o Núcleo Pé de Zamba.